Quinta-feira, 21 de Abril de 2011

Dicas para conhecer novos casais swing

 

Apesar de toda a vossa dinâmica e protagonistas, o ambiente swing pode ser um local muito solitário, principalmente para quem, como voces, acabaram de chegar. Por isso, há a necessidade de travar novos conhecimentos, num ambiente completamente diferente. Não se preocupem, não é tão difícil como parece.

 

casais com casais

 

Tomar a iniciativa. Podem sentir desconfortáveis ou envergonhados em meter conversa com alguém ou em apresentarem-se, mas o mais certo é estarem todos no “mesmo barco”. Existem milhares de maneiras de iniciar uma conversa e, se não experimentarem, podem estar a deixar passar ao lado uma possível nova experiencia. Se o casal não se mostrar muito interessado, não levem a mal e passem para outro – não falta casais simpáticos à procura de novos casais!

 

Conviver. Mesmo que já estejam a dar muito bem com um ou dois casais, não fiquem por aí – se estiverem num bar e um casal encontrar algum casal amigo aproveitem para conhecê-los;

 

Não julguem sem conhecer. Num club ou numa comunidade de swing vão estar expostos a muitas pessoas, vindas dos mais variados lugares, com as mais diversas histórias e estilos de vida, por isso, não julguem alguém pela sua aparência ou primeira impressão. O swing pode ser uma nova experiencia para alguns dos casais, por isso, devem encará-la com abertura e o mesmo aplica-se às pessoas. Quem sabe não está, no casal que menos esperam, uma possível grande aventura?

 

Pequenos truques. Algumas dicas para facilitar o conhecimento de novos casais, estimular o networking e solidificar futuras amizades passam por sorrir muito e manter o contacto visual (mostra que são confiantes e as pessoas vão querer conhecer-los); memorizarem os nomes de quem conhecem (nem sempre é fácil, mas quem não gosta de saber que o seu nome é lembrado?); mal cheguem a um club ou uma comunidade onde acabaram de registar, metam logo conversa com alguém, nem que seja para perguntar as horas ou se já é swingers há muito tempo (é melhor do que estarem encostados a um canto sozinhos).

 

Sê quem tu és. A vontade de integrarem no mundo swing, fazerem amigos e serem populares pode ser tão importante para voces que até se sujeitam a dizer e a fazer coisas que normalmente não fariam. Esconderem-se por de trás de máscaras, fingindo que são outras pessoas só para agradar a alguém ou para não ficarem sozinhos, não é a melhor solução para travar amizades duradouras. Mantém fiel a quem realmente são, o resto virá com o tempo.

 

casais com casais

 

 

Depois destas dicas disfrutem do Swing e de todas as sensações que o mesmo proporciona, mas é de salientar que deverá levar em conta a sua segurança e a dos outros por isso, proteja-se, use sempre preservativo.


publicado por ricky_nice às 19:14
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 14 de Abril de 2011

Tipos de swing

A prática do Swing deve ser feita por casais que tenham, previamente, conversado bastante e estabelecido os seus desejos, fantasias e, sobretudo, os seus limites.


casal swing


Existem dois tipos de Swing:

  • Soft Swing - consiste na troca de parceiros, entre os casais, com caricias, beijos e sexo oral sem penetração
  • Hard Swing - consiste na troca de parceiros, entre os casais, com penetração.

Dentro desses dois tipos de swing, existe a interação de entre homens e entre mulheres. As mulheres bissexuais são mais presentes e aceites no swing do que os homens bissexuais, visto que são elas que na maioria das vezes tomam a iniciativa.

 

Conforme a orientação sexual dos participantes o swing pode ser:

  • MFFM - swing entre mulheres bissexuais e homens heterossexuais
  • MFMF - swing entre mulheres e homens heterossexuais
  • FMMF - swing entre mulheres heterossexuais e homens bissexuais
  • MMFF - swing entre mulheres e homens bissexuais.

Os limites de cada um devem ser levados em consideração. Não pode reagir com violência a uma negativa. Mesmo compartilhando parceiros cada um tem as suas preferências e o respeito deve triunfar.

 


publicado por ricky_nice às 19:19
link do post | comentar | favorito
|

Conceito do Swing (casais com casais)

O swing  ou troca de casais é um relacionamento  puramente sexual entre dois casais estáveis que praticam sexo em grupo. Mas o swing não é apenas sexo entre dois casais existem vários tipos de swing.

Swingers

 

O swing é uma actividade social com base na actividade sexual consentida entre adultos, normalmente ocorre entre casais heterosexuais. Este pode ser de diversas formas,  a presença de uma mulher solitária (single feminina) normalmente é bem aceite em eventos, já os homens solitários (singles masculinos) já não o são, a homosexualidade feminina é comum neste tipo de actividades enquanto nos homens é abordado de um modo mais reservado .

 

A prática do Swing pode ser um meio renovador para a vida intima de um casal, muitos procuram esta prática para assim não haver lugar a traições uma vez que o swing  é feito com o consentimento dos elementos do casal, mas atenção o Swing não serve como meio de salvar casamentos. No Swing  há espaço para envolvimentos sentimentais pois sexo com amor é só do casal porque entres casais o que se tem é amizade e não há lugar ao ciúme.

 

Os Swingers (alguns) reconhecem as dificuldades em resistir aos impulsos ao verem os seus parceiros serem desejados e estes corresponderem com insinuações e olhares, existe algo na nossa mentalidade social que dificulta que se desprendam de certos valores, no começo é muito complicado. Sentir ciúmes no Swing é uma atitude egoísta pois isso é como querer prazer só para si mesmo, é importante saber qual o limite do prazer pois esta actividade social serve para gerar prazer e não desconfianças e cobranças.

 

Casais com casais

Os casais devem primeiro que tudo estar em perfeita sintonia e conhecer o que é o Swing e antes  de se iniciar ao sexo liberal, o casal  deve estar seguro da escolha que fez e que é de comum acordo, muitos casais que vão pela primeira vez a um clube vão com a intenção de ter  uma noite de sexo diferente e por vezes acabam por regressar a casa chateados, ninguém vai a um encontro de casais á procura de um amante e sim outros casais para conversar, conviver  e relacionarem-se sexualmente.

 

A maior preocupação dos Gerentes das casas de Swing é fazer com que a vontade dos casais seja preservada e evitar que as festas promovidas acabem por se transformar em serões extra para meninas  que procurem sexo fácil por isso, a grande maioria não permite a entrada a pessoas desacompanhadas.

 

È bom lembrar que ninguém é obrigado a nada pois só acontecerá algo caso o casal assim o queira.

 

 


publicado por ricky_nice às 19:08
link do post | comentar | favorito
|
http://www.swinghot.com